Home

imponderabilidades

Ana Luiza Robazzi
Andrea Thomazella
Carolina Pinheiro
Eliana Bianco
Emilia Mendes
Lilian Parola
Virgínia Magalhães
Yara Marangoni

Imponderabilidades

Cá estamos inaugurando a nova exposição de trabalhos concebidos nesse semestre no curso Dobras de Si, que faz jus ao título escolhido, ao extrair a força do improvável do conjunto das probabilidades figurativas e formais: Imponderabilidades.

Trata-se de um conjunto de trabalhos, todos concebidos e concretizados ao longo desse percurso, onde os processos e experimentações foram partilhados com muita cumplicidade e respeito pelo grupo. Na verdade, a potência de cada trabalho já estava ali como semente e com a passagem do tempo, fomos adensando a percepção daquele espaço interno silencioso onde se travam grandes batalhas entre impressões e percepções particulares e às vezes quase intangíveis.

Novamente estávamos cada qual em sua casa, no ambiente virtual e a cada encontro, tivemos esse grande desafio de compartilhar experiências analógicas sem poder tocar pessoalmente ou manusear os trabalhos que por si só evocam lidar com o papel, desenho, linha, dobra, espessura da tinta e por aí vai. E foi nesse estágio de germinação, no qual a semente se transforma de um lado, em broto e do outro, em raiz que operou o momento precioso do processo criativo, ainda embaixo da terra.

E assim foi, com muitas idas e vindas, dúvidas, humor, incertezas, noites mal dormidas, muitas risadas, eis que foram surgindo pequenos rizomas nesse terrário onde as condições para compartilhar esses novos caminhos foram conquistadas pelo próprio grupo de artistas.

Muito do genuíno e do frescor desses trabalhos se deve a essa cumplicidade e respeito às particularidades de cada um, onde se deixou de lado e em suspensão, as possíveis contendas acerca dos prováveis caminhos do fazer artístico com seus protocolos no campo das artes poéticas e visuais. Acertos e desacertos foram protagonistas de discussões onde se construíram paisagens ressignificadas e inconclusas sobre quem somos e qual o lugar a que pertencemos nesses novos tempos.

Ter feito parte dessa trajetória nos traz um sentimento de gratidão imenso e esperamos que venha contribuir para o estímulo da reflexão sobre os processos criativos tão importantes e essenciais da nossa existência nesse momento.

Estela Vilela e Ana Francotti
– junho de 2021

Lives com as autoras participantes da exposição:
→ Instagram @dobrasdesi

15/06 terça-feira
18:30h – Yara Marangoni, livro 1 ANO
19:10h – Eliana Bianco, livro Caixa de Pandemia
16/06 quarta-feira
18:30h – Emilia Mendes, livro Pedra Lascada
19:10h – Ana Luiza Robazzi, livro IN-SULADOS
17/06 quinta-feira
18:30 – Virgínia Magalhães, livro O livro das horas de Virgínia
19:10 – Andrea Thomazella, livro Livro do Vento
19/06 sábado
18:30h – Lilian Parola, livro DES DOBRAS

Conversas com convidados especiais:
→ Canal Youtube Dobras de Si
22/06 terça-feira – 18:30h – Gilberto Tomé
23/06 quarta-feira – 18:30h – Jozz
24/06 quinta-feira – 18:30h – Gabriel Cabral

Livros

IN-SULADOS
ANA LUIZA ROBAZZI
IN-SULADOS é um livro construído a partir de um processo de olhar para o conhecido, buscando o inédito. Após 1 ano, e “vários quebrados” dentro de casa, a “Casa” deixa de significar apenas o ambiente concreto e se torna o Ser “Casa”, onde cada canto é resgatado, cada sentimento é acolhido e cada espaço é ressignificado. A casa se torna cada vez mais viva e incomensurável, e portanto Nós – os En-Quadrados – que habitamos estas casas, começamos a ocupar os espaços também de outras formas, e foi nesta linha de pesquisa que trabalhei no livro.
Reproduzir vídeo

CONHEÇA MAIS

Apresentação do projeto (PDF) →

Especificações técnicas:
Dimensão:
35 x 31,5 cm fechado e 93 x 31,5 cm aberto.
Capa – cartão triplex nigbo 300gm
Miolo – papel offset 240gm

Sobre a autora:
Ana Luzia Robazzi Mussolin, nasceu em 2000 na cidade de São Paulo (Brasil), onde vive e trabalha até hoje. Cursa o quinto semestre de Bacharel em Artes Visuais no Centro Universitário Belas Artes de São Paulo. Sua pesquisa hoje discorre sobre as diferentes Identidades Brasileiras, e sua relação com os espaços, como na série máscaras e En-quadrados, que não apresentam uma mídia única.

LIVRO DO VENTO
ANDREA THOMAZELLA

O LIVRO DO VENTO foi pensado na forma de um volumen desde o início. O formato do rolo parecia o ideal para aludir ao movimento fluido do vento. Mas…como desenhar o vento, essa força invisível?

O vento vem e passa. Agita tudo em seu caminho. Leve, irresistível e transformador.

Reproduzir vídeo

CONHEÇA MAIS

Apresentação do projeto (PDF) →

Detalhes do processo (PDF) →

Sobre a autora:
Andrea Thomazella Ribeiro, 59 anos, natural de Ribeirão Preto, SP, possui licenciatura em Educação Artística pela Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (1982), mestrado em Poéticas Visuais pelo IA- Unicamp (2015) com pesquisa no campo do desenho, da gravura e da paisagem. Atualmente é doutoranda no IA- Unicamp com pesquisa sobre livros de artista. Vive e trabalha em Divinópolis, MG.

Descobria-se Sopro
CAROLINA PINHEIRO
CAIXA DE PANDEMIA
ELIANA BIANCO

CAIXA DE PANDEMIA é um livro de artista em forma de jogo de cartas que surgiu das colagens que fiz com os materiais que me cercaram durante o período de isolamento.

Reproduzir vídeo

CONHEÇA MAIS

Apresentação do projeto (PDF) →

Sobre a autora:
Sou uma apaixonada por desenho, pintura e encadernação. Atualmente trabalho como aquarelista, leciono cursos de aquarela on-line e tenho desenvolvido uma produção de Livros de Artista, juntando as técnicas de aquarela e colagens.

ebiancoalves@gmail.com
Instagram: @elianabianco_watercolors

PEDRA LASCADA
EMILIA MENDES

PEDRA LASCADA é uma tentativa de responder à questão: por que estamos nos lascando tanto como humanidade? Uma resposta possível é a integração entre natureza e cultura. A obra é dividida em dois volumes, o primeiro traz gravuras ligadas à água, à terra e ao ar; já o segundo volume traz o manifesto da Pedra lascada, que é um convite a repensar nossas relações como humanos inseridos no planeta.

Reproduzir vídeo

CONHEÇA MAIS

Pedra Lascada Vol.2 – Miolo (PDF) →

Apresentação do Projeto (PDF) →

Sobre a autora:
Emilia Mendes é poeta, linguista de formação, professora da área de Edição na Fale/UFMG. Em processos artísticos, pratica amadorismos autodidatas em fotografia da natureza (@emiliamendes63), desenho, gravura, aquarela, dentre outras tentativas.

DES DOBRAS
LILIAN PAROLA

O livro DES DOBRAS nasceu do estranhamento. É um mapeamento pessoal, fruto de uma observação detida e curiosa de um espaço restrito num tempo esgarçado.

Reproduzir vídeo

CONHEÇA MAIS

Apresentação do Projeto (PDF) →

Especificações técnicas:
Livro mapa 10,5 cm x 10,5 cm, em formato de concertina.
Material utilizado:
Miolo – base em papelão preto Hörlle, fotos e mapas impressos em papel de arroz e dobradiças em Tyvek com impressão de fotos.
Capas – papelão cinza revestido em papel Madera.
Caixa – papelão cinza revestido em papel Maderae Saphir.

Sobre a autora:
Economista, profissional no mercado financeiro, amadora nas artes da escrita, encadernação, fotografia, bordado e tango. Amante das viagens reais e imaginárias.

O LIVRO DAS HORAS DE VIRGÍNIA
VIRGÍNIA MAGALHÃES

O LIVRO DAS HORAS DE VIRGÍNIA é uma costura de “retalhos” de uma vida de luta no ateliê: cortar, recortar, colar, recolar, costurar, descosturar, criar, recriar, gravar, limpar, provar, são os verbos do silêncio das minhas horas que compuseram horas e horas em que tive que buscar nas atividades do ateliê um modo para resistir.

Reproduzir vídeo

CONHEÇA MAIS

Apresentação do projeto (PDF) →

Páginas do livro (PDF) →

Especificações técnicas

Modelo e dimensões:
Flag Book
Base em papel Canson 120g preto
Miolo em diversos papéis impressos com monotipias, tecido, linha e jato de tinta.
Fechado 10 X 15 cm.
Aberto 10 X 53 cm.
Capas:
Papelão Horlle revestidas com tecido 100% algodão e adornadas com cantoneiras.
Fonte:
Consolas 14/20.

Sobre a autora:
Sou VIRGÍNIA MAGALHÃES, artista visual e economista. Graduada em Artes Plásticas pela Universidade de Brasília – UnB. Em 1990 iniciei meus estudos em pintura, desenho e gravura passando pela utilização de várias técnicas e materiais. Em 2016 iniciei meus estudos em fotografia, tendo feito cursos na área de iluminação, retrato, fotografia autoral, fotografia de rua e o curso profissionalizante em fotografia em 2019. Desde 2017 trabalho com processos históricos em fotografia e venho pesquisando, especialmente, a cianotipia e a goma bicromatada e também, o livro de artista como suporte para a realização de projetos relacionados às narrativas visuais motivadas pela percepção dos próprios percursos emocionais e estéticos.

1 ANO
YARA MARANGONI

1 ANO nasce de uma noite insone.
O encarte do jornal O Estado de São Paulo, sobre 1 ano de pandemia serviu como suporte para meu grito de angústia, de indignação. Serviu para exercitar o sarcasmo e ironia através de textos e fotos. Foi alterado, modificado, até se tornar a minha expressão da imponderabilidade desse ano, tão pesado, tão distópico e tão longe do fim.

Reproduzir vídeo

CONHEÇA MAIS

Apresentação do Projeto (PDF) →

Diário de Bordo (PDF) →

Sobre a autora:
Tem feito cursos de livros de artista desde 2010 como hobby. Participou de vários ateliês de arte na Fundação Ema Klabin, na Aber, no SESC Consolação, no Desdobras Raras e agora no Dobras de Si.

Quando consigo me entender com o Instagran (o que é raro) posto fotos dos meus livros de artista. Pode conferir lá @yarareginamarangoni

Sobre

Sobre o curso Dobras de Si

Dobras de Si é um curso livre de livro de artista, 100% online, que oferece orientação para a concepção de obras poéticas individuais no formato de livros, além de uma exposição coletiva.

É orientado por Estela Vilela e Ana Francotti, além da participação de convidados de diferentes áreas. É planejado de forma a oferecer uma série de recursos práticos e teóricos, dentro de um cronograma projetado para nutrir a realização de trabalhos autorais que utilizem o livro como suporte.

Sua terceira edição está prevista para o segundo semestre de 2021, caso tenha interesse em participar, preencha nosso formulário, e conheça também o site da edição 2021.

Acompanhe as novidades pelo Instagram @dobrasdesi.